Envelhecimento e Flacidez Mamária

Nem sempre o tamanho das mamas é motivo de descontentamento feminino. Independentemente de elas serem pequenas ou grandes, o que não raro incomoda é a flacidez mamária. Existem várias razões pelas quais isso ocorre, incluindo fatores genéticos, gravidade, amamentação, alterações hormonais e perda de elasticidade da pele. No entanto, as questões que envolvem o envelhecimento e as consequências disso para os seios representam, a um número significativo de mulheres, perda da autoestima à medida que envelhecem.

À proporção que o tempo passa para as mulheres, a produção de colágeno e elastina na pele do corpo diminui, o que resulta em uma perda de firmeza e elasticidade. Além disso, a gravidade exerce uma pressão constante nas mamas ao longo do tempo, fazendo com que elas se estiquem e caiam. Entretanto, outro fator que costuma ser gerador de grande desconforto e que pode contribuir para a flacidez mamária é a menopausa. Período este muitas vezes conturbado no universo feminino, não apenas em razão das modificações físicas, mas também das psicológicas. 

Menopausa e Flacidez Mamária 

A menopausa é um período na vida de uma mulher caracterizado pela diminuição dos níveis hormonais, principalmente do estrogênio. Essa diminuição hormonal pode contribuir para alterações no corpo, incluindo a flacidez mamária.

Durante a menopausa, a pele perde elasticidade devido à diminuição do colágeno e da elastina, resultando em uma aparência mais flácida. Além disso, a perda de estrogênio também pode levar à diminuição do tecido mamário e dos ligamentos de suporte das mamas, contribuindo ainda mais para a flacidez mamária.

Como Lidar com Flacidez das Mamas durante a Menopausa?

Para lidar com a flacidez mamária, especialmente durante a menopausa, você pode considerar as seguintes opções que não necessitam de intervenção cirúrgica:

  • Exercícios para fortalecimento muscular: exercícios que trabalham os músculos peitorais, como flexões e supino, podem ajudar a tonificar a região do peito e proporcionar algum suporte às mamas;
  • Uso de sutiãs de suporte: usar um sutiã adequado, com bom suporte e sustentação, pode ajudar a reduzir a aparência da flacidez e fornecer suporte às mamas;
Mulher jovem usando sutiã preto com boa sustentação de mamas - dica de prevenção de flacidez mamária.
  • Hidratação da pele: manter a pele hidratada pode ajudar a melhorar sua elasticidade. Use loções hidratantes e cremes específicos para a área dos seios regularmente;
  • Alimentação saudável: uma dieta equilibrada, rica em nutrientes essenciais, como vitaminas C e E, e minerais como zinco e selênio, pode ajudar a promover a saúde da pele;
  • Tratamentos estéticos: existem tratamentos estéticos não invasivos disponíveis que podem ajudar a melhorar a flacidez das mamas, como radiofrequência, ultrassom focalizado e laser. Os mesmos estimulam a produção de colágeno e podem melhorar a aparência da pele.  

Quando é Necessária a Intervenção Cirúrgica?

Deve-se considerar a cirurgia de mamas quando a flacidez for significativa e você estiver disposta a realizá-la. Para essa decisão, sem dúvidas muito importante , é essencial fazer uma consulta ao cirurgião plástico. Ele irá avaliar seu caso específico e discutir as melhores opções de tratamento. 

Aqui, vale lembrar, que a escolha do profissional deve ser feita com cuidado. Ser membro da  Opções Cirúrgicas para  Flacidez das Mamas

Entre as opções de cirurgia plástica de mamas temos a mastopexia (lifting de mama), a mamoplastia de aumento (implante de silicone) e também a combinação destes dois procedimentos num só . 

Mastopexia

A Mastopexia é o procedimento que envolve a remoção do excesso de pele e o reposicionamento da mama  (“Lifting” das mamas) para uma posição mais elevada e firme. Embora na maioria das vezes ela seja combinada com o implante de silicones, nada impede que seja realizada sem inserção de próteses. 

Médico medindo o grau de flacidez mamária, nos seios da paciente, antes da realização da mastopexia.

A escolha da técnica é individual, considerando para isso diversos fatores como volume, textura e densidade do tecido mamário, grau de flacidez e da queda das mamas, e também o desejo. 

Mamoplastia de Aumento

A Mamoplastia de Aumento utiliza implantes para dar volume aos seios ou restaurar o volume mamário perdido após perda de peso ou gravidez. É uma opção a ser considerada para aumentar o tamanho e projeção de seus seios, melhorar o equilíbrio de seu corpo e também a sua autoestima e autoconfiança.

Mulher que fez a correção da flacidez mamária com implante de silicone mostra imagem do antes e depois.

Importante saber que os resultados da cirurgia de implante de silicone não são permanentes; e os mesmos podem exigir substituição ao longo da vida. Isso porque, com o tempo e o envelhecimento, seus seios podem mudar , assim como também as oscilações de peso, fatores hormonais e a gravidade. 

Se você estiver insatisfeita com a aparência de seus seios, após um tempo, pode optar por um procedimento de lifting de mama ou troca.

Combinação dos Dois Procedimentos

A Associação de Mamoplastia de Aumento e Mastopexia é indicada para a correção da flacidez mamária, a retirada do excesso de pele e a colocação de uma prótese de silicone. Esta é uma excelente opção para as mulheres que querem restaurar o volume e corrigir a flacidez dos seios. Entretanto, não é uma decisão individual, mas conjunta com o cirurgião plástico. Isso porque dependerá do grau de ptose (flacidez) que você tem. Em alguns casos, é mais seguro dividir os procedimentos. 

De qualquer forma, discutir seus objetivos e esclarecer suas perguntas/dúvidas junto ao cirurgião plástico, antes de decidir se submeter a qualquer procedimento cirúrgico, é fundamental para uma decisão ponderada.

Gostou das nossas Notícias?

Compartilhe essa página nas suas redes

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no skype
Skype
Compartilhar no twitter
Twitter

Guia para uma Recuperação Eficaz Após Cirurgias Plásticas

A recuperação após uma cirurgia plástica é um período crítico, onde a atenção aos cuidados pós-operatórios é fundamental para assegurar um resultado bem-sucedido e evitar complicações.

A decisão de se submeter a uma cirurgia plástica pode ser um marco importante na vida de alguém, representando um caminho para maior autoestima e conforto pessoal. Contudo, a jornada para um resultado positivo estende-se para além do procedimento cirúrgico em si. A fase de recuperação e os cuidados subsequentes são decisivos na moldagem dos resultados finais e na prevenção de eventuais problemas. Este texto aborda práticas recomendadas e conselhos para uma recuperação tranquila, salientando a importância de se manter fiel às recomendações médicas e de ser proativo no cuidado com a própria saúde e bem-estar.

Leia a Notícia Completa »
Antes de depois de rejuvenescimento facial em mulher jovem.

Envelhecimento Facial Pode Ser Amenizado?

O envelhecimento facial motivou o desenvolvimento de inúmeras alternativas de tratamento para suavizar ou eliminar os sinais da passagem do tempo. Cada vez mais, os procedimentos invasivos e não invasivos de rejuvenescimento facial estão sendo realizados para atenuá-los e restaurar a aparência jovial.

Leia a Notícia Completa »
Mulher madura bonita, olhando as marcas do envelhecimento nos olhos.

Olhar Jovial Livre das Marcas do Envelhecimento

A área dos olhos é acometida pela flacidez de pele, naturalmente, à medida que o tempo passa; resultado do processo de envelhecimento. Especialmente as pálpebras, deixam a região dos olhos pesada e, em alguns casos, dificultam a visão. A partir dos 35 anos de idade esse processo começa a acontecer, porém isso não quer dizer que não possa aparecer ainda mais cedo para as pessoas com predisposição genética. O avançar da idade, junto às influências das mudanças hormonais, tornam a musculatura da região mais fina e, consequentemente, menos firme.

Leia a Notícia Completa »
Iniciar Conversa
Olá, como podemos lhe ajudar?